Exchange se inspira no TikTok para mudar a forma de investir em criptomoedas

Fonte Investing
28/05/2024 15:46

A ideia de nova economia trazida pelas criptomoedas é fascinante no primeiro momento para muitas pessoas. No entanto, a complexidade e o excesso de “tecnês” acabam retirando de cena potenciais investidores e entusiastas desse mercado.

CONFIRA: Cotação das principais criptomoedas

Facilitar os investimentos em criptomoedas para desenvolver essa nova economia é o propósito da Token.com, que busca trazer o entendimento do mundo cripto e seus investimentos de forma intuitiva e simples. Mas, como transformar os termos e conceitos que estão longe do cotidiano em algo fácil?

A fórmula encontrada pela Token.com foi a criação de uma plataforma que reúne exchange com informações simplificadas sobre criptomoedas por meio de criadores de conteúdos, cuja distribuição segue a lógica de feeds das redes sociais. “Tem muitas pessoas ganhando dinheiro no YouTube e Instagram, e ganhar com criptos é o próximo estágio”, diz Mel Gelderman, CEO Global da token.com em conversa com o Investing.com durante o Web Summit Rio de Janeiro realizado em abril deste ano.

A ideia de Gelderman é fomentar que pessoas possam produzir vídeos, textos e imagens sobre uma criptomoeda para ter um alto engajamento de seu conteúdo, como em qualquer rede social. Ao invés de curtidas, o usuário que se interessar no conteúdo pode comprar a criptomoeda apresentada. “Toda vez que tem uma compra, dividimos o valor dessa transação com o criador de conteúdo, que é remunerado em cripto ou em moeda fiduciária”, afirma o brasileiro William Ou, diretor comercial da Token.com e responsável pela operação brasileira. “Há um incentivo em criar conteúdo, com qualidade, com facilidade maior de monetizar dentro da Token.com do que em outras plataformas”, continua Ou.

São mais de 200 criptomoedas disponíveis na Token.com e mais de 50 criadores de conteúdo impulsionando os investimentos. A experiência do usuário pode ser por vídeos selecionados pelo algoritmo de acordo com os tipos de criptomoedas investidas anteriormente, como ocorre com as curtidas no TikTok e no Reels do Instagram, ou por temas - neste caso, por uma criptomoeda específica ou por tipos, como criptos de metaverso, finanças descentralizadas (DeFis), etc. “A gente tem um feed, conteúdo, e os dados do usuário para saber como monetizar. São as nossas resiliências”, diz Ou ao abordar a diferenciação em relação aos concorrentes, especialmente para os períodos de bear market (preços em queda) quando há um menor interesse pelas criptomoedas.

LEIA MAIS: Conheça as criptomoedas promissoras

O objetivo da Token.com é ser tão popular como hoje são TikTok, Instagram e outras redes sociais. “Criamos uma experiência de investimento para um bilhão de pessoas”, projeta Gelderman, o que seria um número de investidores dez vezes maior em relação ao número atual de investidores nas maiores exchanges de criptomoedas hoje.

E a estratégia para atingir essa meta foi iniciar suas operações no Brasil. “Começamos no Brasil porque o brasileiro é um dos maiores consumidores de redes sociais do mundo, tem muita abertura para a nova tecnologia, para criptomoedas, e a economia tem uma regulação amigável para o mercado”, explica Ou. O aplicativo atual da Token.com foi moldado por brasileiros após receber muitos retornos de aperfeiçoamento nos últimos 12 meses, antes de entrar recentemente em mais de 20 países da zona do euro. Os próximos destinos são os mercados do Sudeste Asiático.

“O que a Token.com está criando é o futuro”, fala com entusiasmo Gelderman, ao apresentar os planos da plataforma. “No futuro, se você tiver uma ideia de empresa, você poderá criar um vídeo explicando sua ideia e, se muitas pessoas gostarem, podem investir diretamente nela”, diz Gelderman ao explicar aos planos da token.com de também ser uma plataforma de funding para novas empresas. “A nossa ideia é democratizar a criação de riqueza”, finaliza Ou.

Isenção de responsabilidade: Apenas para fins informativos. O desempenho passado não é indicativo de resultados futuros.
placeholder
Petróleo: agências preveem mercado apertado, com baixa oferta, no 2º semestreInvesting.com - As últimas revisões feitas pelas principais agências de energia indicam um possível aperto nas condições de oferta do mercado petrolífero no segundo semestre de 2024, de acordo com um
Autor  Investing.com
Investing.com - As últimas revisões feitas pelas principais agências de energia indicam um possível aperto nas condições de oferta do mercado petrolífero no segundo semestre de 2024, de acordo com um
placeholder
Nvidia: depois de desbancar Microsoft, o que esperar da empresa mais valiosa do mundo?Investing.com – A Nvidia (NASDAQ:NVDA) superou ontem a Microsoft (NASDAQ:MSFT) como empresa mais valiosa do mundo, depois de atingir uma capitalização de mercado de mais de US$ 3,34 trilhões.A Apple (
Autor  Investing.com
Investing.com – A Nvidia (NASDAQ:NVDA) superou ontem a Microsoft (NASDAQ:MSFT) como empresa mais valiosa do mundo, depois de atingir uma capitalização de mercado de mais de US$ 3,34 trilhões.A Apple (
placeholder
BCs devem aumentar compras de ouro - motivos políticos ou econômicos?Investing.com – O ouro deve seguir brilhando, pelo menos aos olhares das autoridades monetárias globais. Os Bancos Centrais globais vêm aumentando as reservas de ouro e esperam que a tendência vá nest
Autor  Investing.com
Investing.com – O ouro deve seguir brilhando, pelo menos aos olhares das autoridades monetárias globais. Os Bancos Centrais globais vêm aumentando as reservas de ouro e esperam que a tendência vá nest
placeholder
Inter revisa para cima projeção de inflação e espera IPCA a 4,3% ao final do anoInvesting.com – O Inter decidiu revisar suas projeções para inflação neste e no próximo ano, com expectativa de que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) termine 2024 em 4,3%, ante 4% esperado
Autor  Investing.com
Investing.com – O Inter decidiu revisar suas projeções para inflação neste e no próximo ano, com expectativa de que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) termine 2024 em 4,3%, ante 4% esperado
placeholder
Bancos Centrais passam por caminhos distintos na direção de política neutraInvesting.com – A inflação do período pós-pandemia e o acirramento com a crise em decorrência da guerra entre Rússia e Ucrânia levaram autoridades monetárias de todo o mundo a revisar suas políticas m
Autor  Investing.com
Investing.com – A inflação do período pós-pandemia e o acirramento com a crise em decorrência da guerra entre Rússia e Ucrânia levaram autoridades monetárias de todo o mundo a revisar suas políticas m
goTop
quote