Petróleo: agências preveem mercado apertado, com baixa oferta, no 2º semestre

Investing.com
Atualizado em 20/06/2024 02:25
Mitrade Team
coverImg
Fonte: DepositPhotos

Investing.com - As últimas revisões feitas pelas principais agências de energia indicam um possível aperto nas condições de oferta do mercado petrolífero no segundo semestre de 2024, de acordo com um relatório do UBS.

As revisões apresentam perspectivas variadas: a Agência Internacional de Energia (AIE) prevê uma demanda mais fraca, enquanto a Administração de Informações Energéticas dos EUA (EIA) indica um aumento na demanda, e a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) manteve suas estimativas estáveis.

De acordo com analistas do banco, o prolongamento dos cortes voluntários da Opep  pode manter o mercado tenso pelo restante do ano, caso a produção da organização aumente apenas marginalmente.

As agências ajustaram suas previsões de crescimento da demanda neste mês: a AIE reduziu suas estimativas, a EIA as elevou, e a Opep as manteve. A AIE justificou a revisão para baixo pelos impactos mais fracos em países da OCDE, enquanto a EIA, embora também note uma demanda fraca da OCDE, aumentou suas previsões devido ao aumento na demanda por combustível de bunker após interrupções no Mar Vermelho.

"Reduzimos ligeiramente as previsões de crescimento da demanda para 1,1 milhões de barris por dia (Mb/d) em 2024 e 1,0 Mb/d em 2025", informou o UBS. Em relação à oferta, as previsões de produção não-Opep  permaneceram praticamente inalteradas, com exceção de um leve aumento para 2024 da EIA, impulsionado por uma produção maior que a esperada nos EUA no primeiro semestre.

Apesar do plano da Opep  de eliminar gradualmente seus cortes voluntários, possivelmente já em outubro de 2024, o UBS prevê que o retorno dos barris da Opep  ao mercado ocorrerá apenas no segundo trimestre de 2025, quando as condições de mercado devem permitir um aumento gradual.

No curto prazo, o UBS espera que o Brent se recupere para a faixa de US$ 80,00 ou mais, impulsionado pelos cortes prolongados da Opep  e pela recuperação sazonal da demanda. Espera-se que o Brent alcance US$ 80 por barril no próximo ano, à medida que a Opep  comece a retomar a produção gradualmente.

"Antecipamos um impacto negativo sobre a demanda de petróleo devido ao crescimento mais lento do PIB e aos preços mais altos, mas ainda esperamos um crescimento da demanda até o final da década de 2020", declarou o UBS.

Entretanto, o aumento na eficiência e o impacto crescente dos veículos elétricos deverão reduzir significativamente o crescimento da demanda, estimado em cerca de 0,5 Mb/d em 3 a 4 anos, com um pico de consumo de petróleo previsto para 2029. Apesar dessa desaceleração, espera-se que a capacidade ociosa global se mantenha estável, segundo padrões históricos, enquanto o crescimento da oferta também diminui.

No curto prazo, os principais riscos de alta provêm de uma oferta mais restrita. "Em nossa visão, a extensão dos cortes da Opep  e, possivelmente, uma redução maior na produção russa, combinada com uma demanda robusta, poderiam elevar o Brent acima de US$ 90/bbl no curto prazo. Um aumento nas tensões no Oriente Médio e interrupções no fornecimento poderiam aproximar o Brent de US$ 100/bbl", adicionou o UBS.

O cenário mais pessimista do banco considera um impacto ainda maior sobre a demanda de petróleo devido a uma desaceleração econômica global, estimada em 1,0 Mb/d em relação às suas previsões. "Combinado com um prêmio de risco geopolítico reduzido, isso poderia fazer com que os preços do Brent caíssem abaixo do nosso preço de longo prazo de US$ 75/bbl."

Isenção de responsabilidade: este artigo representa apenas a opinião do autor e não pode ser usado como consultoria de investimento. O conteúdo do artigo é apenas para referência. Os leitores não devem tomar este artigo como base para investimento. Antes de tomar qualquer decisão de investimento, procure orientação profissional independente para garantir que você entenda os riscos.

 

Os Contratos por Diferença (CFDs) são produtos alavancados que podem resultar na perda de todo o seu capital. Esses produtos não são adequados para todos os clientes; por favor, invista com rigor. Consulte este arquivo para obter mais informações.


Você achou este artigo útil?
Artigos Relacionados
placeholder
Metais industriais podem ser afetados com fraqueza da esperança de estímulo chinêsInvesting.com – Após recuperação dos metais industriais com rumores de medidas de estímulo chinesas, as esperanças relacionadas à recuperação do gigante asiático parecem desaparecer novamente. Em nota
Autor  Investing.com
Investing.com – Após recuperação dos metais industriais com rumores de medidas de estímulo chinesas, as esperanças relacionadas à recuperação do gigante asiático parecem desaparecer novamente. Em nota
placeholder
Petróleo: Clima e geopolítica fazem Citi revisar previsão de preço em 2024Investing.com – Os analistas do Citi apontam que as tensões geopolíticas e eventos climáticos extremos permanecem como fatores de risco para os preços do petróleo no curto prazo.Eles destacam os confl
Autor  Investing.com
Investing.com – Os analistas do Citi apontam que as tensões geopolíticas e eventos climáticos extremos permanecem como fatores de risco para os preços do petróleo no curto prazo.Eles destacam os confl
placeholder
Petrobras - BofA eleva ações para Compra: "proteção contra problemas fiscais"Investing.com - O Bank of America (NYSE:BAC) (BofA) elevou a recomendação das ações de Petrobras (BVMF:PETR4) de Neutra para Compra nesta quinta-feira (27). Em relatório distribuído aos clientes, o pr
Autor  Investing.com
Investing.com - O Bank of America (NYSE:BAC) (BofA) elevou a recomendação das ações de Petrobras (BVMF:PETR4) de Neutra para Compra nesta quinta-feira (27). Em relatório distribuído aos clientes, o pr
placeholder
Dados suaves na China pesam no humor do mercado de metais industriaisInvesting.com – A fraqueza na retomada da economia chinesa no pós-pandemia segue no radar de investidores, principalmente no mercado de metais relacionados à indústria e infraestrutura em geral. Com d
Autor  Investing.com
Investing.com – A fraqueza na retomada da economia chinesa no pós-pandemia segue no radar de investidores, principalmente no mercado de metais relacionados à indústria e infraestrutura em geral. Com d
placeholder
Petróleo sobe apesar de dados mistos de atividade na ChinaInvesting.com -- Os preços do petróleo registravam alta nesta segunda-feira, 17, mantendo o ímpeto da semana passada, apesar de alguns dados inconsistentes vindos da China, o principal importador mund
Autor  Investing.com
Investing.com -- Os preços do petróleo registravam alta nesta segunda-feira, 17, mantendo o ímpeto da semana passada, apesar de alguns dados inconsistentes vindos da China, o principal importador mund