O Mitrade Insights dedica-se a fornecer aos investidores informações financeiras ricas, oportunas e valiosas para ajudá-los a entender a situação do mercado e encontrar oportunidades de negociação oportunas.
    2021
    Melhor Provedor de Notícias e Análise
    FxDailyInfo
    2022
    Melhores Recursos Educacionais de Forex Global
    International Business Magazine

    Carteira de Bitcoin: O que é, como funciona e qual escolher em 2023?

    Minutos
    Atualizado em 16/10/2023 01:19
    Mitrade Team

    As criptomoedas são cada vez mais populares como meio de pagamento e forma de investimento. O Bitcoin (BTC), em especial, tornou-se uma escolha frequente dos usuários. Afinal, oferece vantagens como segurança e privacidade, além de reduzir o custo de muitas transações. No entanto, para aproveitar ao máximo esses benefícios, é importante optar pela carteira de Bitcoin certa.


    Essa decisão é uma das mais críticas quando se começa a usar Bitcoin. Uma carteira inadequada pode resultar em perda de fundos devido a hacks. Uma má escolha também pode tornar sua vida mais complicada devido à falta de praticidade. Portanto, é fundamental compreender o funcionamento das carteiras para encontrar a melhor opção.


    Isso pode ser complicado para quem está dando os primeiros passos no universo das criptomoedas. Os conceitos e a terminologia podem assustar. Por isso, resolvemos ajudar nesse processo.


    Neste guia, vamos explorar em detalhes o universo das carteiras de Bitcoin. Começaremos por entender do que se trata esse recurso e como ele funciona. Em seguida, discutiremos os diferentes tipos de carteiras e como cada uma delas pode atender a necessidades específicas. Por fim, e mais importante, explicaremos como escolher a carteira de BTC ideal para você!

    O que é uma carteira de Bitcoin?

    Uma carteira de Bitcoin é um dispositivo ou software que permite ao usuário armazenar, receber e enviar BTC. Por isso, é um recurso fundamental para quem deseja utilizar essa moeda.


    As carteiras de Bitcoin também são conhecidas como bitcoin wallets. Você as encontrará em diversos formatos, como veremos a seguir.

    Como funciona uma carteira de Bitcoin?

    Uma carteira de Bitcoin contém chaves criptográficas (uma pública e outra privada) que permitem ao usuário acessar seus fundos na blockchain. Ou seja, seu BTC não fica armazenado fisicamente em uma carteira, mas sim registrado na blockchain, um registro público descentralizado.


    Uma carteira de Bitcoin permite o gerenciamento das chaves criptográficas que fornecem acesso aos seus fundos na blockchain. E isso se aplica tanto ao receber quanto ao enviar BTC para outra carteira. Cada transação de Bitcoin é assinada digitalmente com a chave privada da carteira do remetente e verificada com a chave pública do destinatário. Isso garante a segurança e autenticidade das transações.


    O que uma carteira de Bitcoin faz, portanto, é agir como uma interface para que os usuários interajam com a blockchain de forma segura e conveniente. A forma de acesso, a facilidade de uso e outros aspectos são importantes para o funcionamento de qualquer wallet.


    Você deve escolher uma carteira adequada às suas necessidades e com o nível de segurança desejado. Como veremos a seguir, há diversos tipos de carteiras — e cada um deles pode oferecer níveis de proteção e funcionalidades diferentes.

    Tipos de carteira de Bitcoin

    Antes de escolher sua carteira de Bitcoin, é importante conhecer as versões existentes e as diferenças entre elas. As opções disponíveis se dividem em duas categorias principais:


    ● Carteiras quentes (hot wallets): Conhecidas também como carteiras online, estão sempre conectadas à internet. Elas costumam se destacar mais pela praticidade. As opções principais nesta categoria são as carteiras para desktop, web e mobile.


    ● Carteiras frias (cold wallets): Também chamadas de carteiras offline, não ficam conectadas à internet. Sua principal vantagem é a segurança. As duas versões clássicas são as carteiras de hardware ou de papel.


    A seguir, trazemos as características de cada tipo de carteira. Além disso, listamos algumas das opções mais populares — e recomendadas — em cada caso.


    *Carteiras web*

    As carteiras web podem ser acessadas pelo usuário usando um navegador normal, como o Chrome ou o Safari. Portanto, são bem semelhantes com outros serviços de internet. Tudo o que você precisa fazer é acessar o site da wallet e fazer login com seu nome de usuário e senha.

    As carteiras para web são hospedadas online. Isso as torna convenientes, pois podem ser acessadas de qualquer lugar. Por outro lado, são consideradas menos seguras, pois seus fundos ficam sob o controle de um terceiro.

    Exemplos populares incluem a Blockchain.com (antigo Blockchain.info), a MetaMask e a Coinbase Wallet.


    *Carteiras móveis*

    As carteiras móveis são aplicativos que podem ser instalados em smartphones e tablets. Também conhecidas como carteiras mobile, podem ser baixadas em lojas como Apple Store e Google Play. Em alguns casos, estão disponíveis para download no site da wallet —  por exemplo, na versão para Android.

    Isso as torna convenientes para pagamentos em estabelecimentos que aceitam Bitcoin. Por outro lado, a segurança é um aspecto sensível. Como as carteiras web, as carteiras móveis funcionam online, o que as torna vulneráveis a hacks no servidor ou a invasões à sua conta. Também há um risco maior de ter seu dispositivo roubado.

    Algumas das carteiras móveis mais populares incluem Trust Wallet, a Coinomi e a Exodus.


    *Carteiras para desktop*

    As carteiras para desktop são programas que podem ser instalados em computadores e laptops. Portanto, assim como as carteiras móveis, trata-se de um software que você instala em seu dispositivo. A diferença é o tipo de aparelho com o qual elas são compatíveis.

    Essas carteiras são convenientes para o uso diário. Principalmente, se você usa Bitcoin apenas em transações online. A segurança depende da proteção do seu computador contra malware e hackers. Além disso, convém escolher uma wallet de confiança e reconhecidamente sólida.

    Exemplos populares, neste caso, incluem Electrum, Exodus e Coinomi.


    *Carteiras de hardware*

    As carteiras de hardware são dispositivos físicos projetados para armazenar chaves criptográficas de forma segura. Elas são semelhantes a um pen drive e estão disponíveis em diferentes modelos.

    Hardware wallets são altamente seguras, pois permanecem offline na maior parte do tempo, o que as protege contra hacks online. Como você não delega a um terceiro o armazenamento de seu BTC, não há o risco de ser impactado por invasões e vazamentos a um servidor externo. A segurança fica totalmente a seu cargo.

    Por outro lado, a praticidade é menor neste caso. Principalmente, se você precisa fazer transações com alguma frequência. Afinal, suas moedas não estão conectadas à internet.

    Entre as carteiras de hardware mais recomendadas, estão as das marcas Ledger e Trezor.


    *Carteiras de papel*

    As carteiras de papel consistem em uma impressão das chaves privadas e públicas. Geralmente, elas vêm acompanhadas de um QR code para facilitar as transações. Por isso, são bem práticas na hora de realizar transações. Aliás, acabam sendo uma alternativa física interessante às carteiras móveis.

    Neste caso, seu BTC também fica seguro contra ataques online. Por outro lado, é um formato que acaba exigindo cuidados especiais para evitar danos ou perdas. Afinal, estamos falando literalmente de um pedaço de papel.

    Existem programas como o BitAddress que podem ser usados para gerar uma paper wallet.

    Como escolher uma carteira de Bitcoin em 2023?

    A escolha da carteira de Bitcoin ideal depende de vários fatores. Entre os aspectos que você deve levar em conta, estão seus objetivos e necessidades específicas com o uso da wallet. Além disso, é preciso considerar o nível de proteção desejado e sua experiência anterior com outras carteiras.


    Confira a seguir nossas dicas para escolher uma carteira de Bitcoin em 2023.


    # Avalie o nível de segurança

    Se a segurança é sua principal preocupação, considere uma carteira de hardware. Elas são amplamente reconhecidas por oferecer o mais alto nível de proteção contra ameaças. Afinal, neste caso, você não cede o armazenamento de seu BTC a um serviço externo, como aqueles oferecidos via web ou em aplicativos para celular.

    Com as carteiras “frias”, você não corre o risco de perder suas moedas em uma invasão a um servidor, por exemplo. No entanto, ainda é preciso avaliar se o dispositivo utilizado é seguro — ou se você pode garantir a segurança da sua carteira em papel.


    # Considere a usabilidade

    Normalmente, há um trade-off entre segurança e usabilidade quando pensamos em carteiras de criptomoedas. Basicamente, as carteiras mais seguras não são tão práticas para o uso recorrente — afinal, não estão conectadas à internet e não são facilmente acessíveis.

    Dito isso, se você planeja usar Bitcoin para transações diárias, uma carteira “quente” pode ser mais conveniente. Certifique-se de escolher uma opção com uma interface amigável. Além disso, se você pretende realizar pagamentos em lojas físicas, uma mobile wallet tende a ser mais funcional.


    # Verifique a compatibilidade

    Já escolheu a carteira que você pretende utilizar? Então, é hora de criá-la. No entanto, antes de instalar e/ou configurar o recurso, você deve tomar alguns cuidados básicos. Um deles é assegurar que a carteira seja compatível com Bitcoin. Afinal, nem todas as carteiras suportam todos os tipos de criptomoedas. Baixe (se for o caso) e configure a opção certa.

    Confira mais de uma vez se tudo está correto antes de obter o endereço da wallet e usá-lo para receber Bitcoin. Lembre-se de que você perder todo o BTC, caso o envie para um endereço errado — por exemplo, um endereço que não existe ou para outro tipo de moeda.


    # Pesquise a reputação

    Antes de escolher uma carteira, pesquise sua reputação e histórico de segurança. Afinal, qualquer vazamento, acesso não autorizado ou outro tipo de falha pode comprometer seus fundos em BTC.

    Infelizmente, problemas assim já ocorreram antes. Em 2022, foram roubados cerca de US$614 milhões em criptomoedas da Ronin Network. Um ano antes, o caso da Poly Network já havia se tornado famoso. Principalmente, porque os US$611 milhões em Bitcoin e Ethereum foram rapidamente devolvidos pelo criminoso.

    Portanto, dê preferência a serviços de wallet com uma boa reputação no mercado. Para isso, pesquise as opiniões de outros usuários e as avaliações de sites especializados — como o nosso, é claro!


    # Faça backup de suas chaves

    Independentemente do tipo de carteira que você escolher, é fundamental fazer backup de suas chaves privadas e armazená-las em um local seguro. Isso ajuda a proteger seus fundos contra perdas acidentais.

    Uma tática comum é fazer o backup das chaves em uma carteira fria. Assim, caso ocorra alguma coisa com sua carteira web, desktop ou mobile, ainda é possível ter acesso aos seus recursos. No caso de uma invasão ao provedor, por exemplo, você pode tentar resgatar seu Bitcoin antes que ele suma do mapa.


    # Coloque seu BTC em mais de uma carteira

    Por fim, se você deseja ter o melhor dos dois mundos (segurança e praticidade), uma boa opção é ter Bitcoin em mais de uma carteira. Neste caso, o mais comum é manter uma parte do BTC em uma carteira quente e o restante em uma carteira fria.

    Dessa forma, caso ocorra um ataque à sua carteira quente (por exemplo, em um serviço web), apenas o valor destinado às transações de rotina estará exposto. O restante do seu dinheiro continuará a salvo em um dispositivo de hardware, em papel ou em qualquer outro formato de carteira fria.

    Wallets x exchanges

    As exchanges de criptomoedas são outro elemento importante no ecossistema das criptomoedas. No entanto, essas corretoras desempenham um papel diferente no envio, recebimento e armazenamento de Bitcoin.


    As carteiras permitem que os usuários mantenham controle direto sobre suas chaves privadas, que são essenciais para acessar e controlar fundos. Por outro lado, as exchanges são plataformas que facilitam a compra, venda e negociação deste ativo. Ao manter seu BTC em uma corretora, você cede a ela o controle sobre suas chaves.


    Há algumas vantagens nesse caso. As corretoras são ideais para negociação ativa, liquidez e acesso rápido ao mercado. No entanto, não são boas opções para armazenar a longo prazo grandes quantias em BTC, devido aos riscos associados a hacks e a falhas de segurança.

    Considerações finais

    As carteiras de Bitcoin desempenham um papel essencial na gestão segura de seus ativos. Compreender como elas funcionam é fundamental para garantir a segurança de seus fundos em BTC. O objetivo, claro, é que você seja capaz de escolher a melhor carteira possível em 2023.


    Lembre-se de que a escolha da carteira deve ser baseada em seus objetivos individuais e no nível de segurança desejado. Portanto, confira as características de cada tipo e tome sua decisão de forma consciente.

    illustration Forex 丨 Índices 丨 Ações 丨 Cripto 丨 Mais Estritamente regulamentado 0 comissão, spreads baixos Alavancagem atrativa de até 1:200 & tight spreads Análise de mercado exclusiva da Trading Central Dicas e insights em primeira mão Suporte multilíngue ao atendimento ao cliente 5/24 Trade on web or app

    Isenção de responsabilidade: este artigo representa apenas a opinião do autor e não pode ser usado como consultoria de investimento. O conteúdo do artigo é apenas para referência. Os leitores não devem tomar este artigo como base para investimento. Antes de tomar qualquer decisão de investimento, procure orientação profissional independente para garantir que você entenda os riscos.

     

    Os Contratos por Diferença (CFDs) são produtos alavancados que podem resultar na perda de todo o seu capital. Esses produtos não são adequados para todos os clientes; por favor, invista com rigor. Consulte este arquivo para obter mais informações.


    Você achou este artigo útil?
    Artigos Relacionados
    placeholder
    Top 7 Melhores Lugares para Comprar BitcoinAo escolher o melhor lugar para comprar Bitcoin, é fundamental considerar a segurança e a experiência do usuário. O local escolhido deve oferecer uma plataforma segura e intuitiva, facilitando a compra e venda de Bitcoin, ao mesmo tempo que fornece recursos robustos de segurança para proteger os ativos dos investidores.
    Autor  Killian AlexandreInsights
    Ao escolher o melhor lugar para comprar Bitcoin, é fundamental considerar a segurança e a experiência do usuário. O local escolhido deve oferecer uma plataforma segura e intuitiva, facilitando a compra e venda de Bitcoin, ao mesmo tempo que fornece recursos robustos de segurança para proteger os ativos dos investidores.
    placeholder
    Top 10 Criptomoedas Promissoras para Investir com Potencial Explosivo em 2025Veja aqui uma lista com as 10 criptomoedas promissoras para 2025, com informações sobre o mercado, dicas para iniciantes e muito mais.
    Autor  Eduardo QueirozInsights
    Veja aqui uma lista com as 10 criptomoedas promissoras para 2025, com informações sobre o mercado, dicas para iniciantes e muito mais.
    placeholder
    Próximo halving do Bitcoin: O que esperar e como se prepararPara a comunidade cripto, o halving é um evento importante e isso acontece por bons motivos. Além do lançamento de novas fatias da moeda no mercado, o halving vem, por padrão, acompanhado de uma valorização geral da moeda, como vimos nos eventos passados. Isso ocorre especialmente pelo fator de escassez e demanda, que explicaremos ao longo deste artigo.
    Autor  Thaina GeniselliInsights
    Para a comunidade cripto, o halving é um evento importante e isso acontece por bons motivos. Além do lançamento de novas fatias da moeda no mercado, o halving vem, por padrão, acompanhado de uma valorização geral da moeda, como vimos nos eventos passados. Isso ocorre especialmente pelo fator de escassez e demanda, que explicaremos ao longo deste artigo.
    placeholder
    Como Ganhar Bitcoin Grátis em 2024: Veja as ManeirasQuer saber como ganhar bitcoin grátis em 2024? Veja aqui os 5 métodos principais, comentários sobre o mercado e dicas para iniciantes.
    Autor  Eduardo QueirozInsights
    Quer saber como ganhar bitcoin grátis em 2024? Veja aqui os 5 métodos principais, comentários sobre o mercado e dicas para iniciantes.
    placeholder
    Bitcoin ou Ethereum:Qual tem a vantagem de trading de cripto de 2023?Qual é tem mais vantagem e, qual é a melhor opção de trading para 2023? Vamos falar um pouco mais sobre o que cada criptomoeda por oferecer, bem como comparar seus benefícios.
    Autor  Thaina GeniselliInsights
    Qual é tem mais vantagem e, qual é a melhor opção de trading para 2023? Vamos falar um pouco mais sobre o que cada criptomoeda por oferecer, bem como comparar seus benefícios.