Lucrar com dólar nas alturas? As principais escolhas do BTG diante de real fraco

Investing.com
Atualizado em 17/06/2024 02:06
Mitrade Team
coverImg
Fonte: DepositPhotos

Investing.com – O dólar pressionado rondando R$5,40 surpreendeu investidores nesta semana diante de aumento das preocupações com o risco fiscal e com as taxas de juros americanas, levando o banco BTG (BVMF:BPAC11) a divulgar uma estratégia com principais escolhas diante de um real mais depreciado. As top picks, neste cenário, são Embraer (BVMF:EMBR3), Klabin (BVMF:KLBN11), Prio (BVMF:PRIO3), JBS (BVMF:JBSS3) e SLC Agrícola (BVMF:SLCE3).

Companhias voltadas à exportação teriam a ganhar mais com um real fraco, considerando que boa parte das vendas são contabilizadas em dólar, mas os custos em reais. Entre os destaques, estariam Suzano (BVMF:SUZB3) e Vale (BVMF:VALE3), que teriam 100% de suas receitas em dólares americanos, ante em torno de 35% e 60% dos custos, respectivamente. “Klabin também é uma boa opção. Observamos, no entanto, que a decisão da Suzano de considerar que uma oferta pela International Paper é o principal impulsionador das ações”, apontam os analistas

O banco também menciona players de petróleo e gás. Em torno de 80% das vendas da Petrobras (BVMF:PETR4) são dolarizadas, enquanto a fatia nos custos é de 50%. Já a Prio vende totalmente em dólares, ante 50% dos custos, e a Embraer teria 93% de suas vendas em dólares e 83% de seus custos.

Os analistas Carlos Sequeira, Osni Carfi e Guilherme Guttilla citam ainda ganhos para companhias do setor de alimentos, como as do agronegócio. SLC teria 96% das vendas em dólares e 60% dos custos, enquanto São Martinho (BVMF:SMTO3) e Jalles Machado (BVMF:JALL3) teriam em torno de 50% das vendas em dólares e 36% dos custos.

“A JBS também tem grande fatia da receita em dólares. Mas à medida que suas operações se espalham em todo o mundo, uma grande parte dos seus custos também é dolarizada”, completam.

Impactadas de forma negativa com dólar em alta

Por outro lado, outras empresas podem sair perdedoras com uma depreciação do real. Entre elas, estariam algumas varejistas de vestuário, incluindo Renner (BVMF:LREN3), C&A e Hering, além M. Dias, que sentirão os efeitos. As mais afetadas, no entanto, são as companhias aéreas Gol (BVMF:GOLL4) e Azul (BVMF:AZUL4), tendo em vista que 80% das vendas seriam em reais, mas 50% dos custos, principalmente combustíveis, são em dólar.

Isenção de responsabilidade: este artigo representa apenas a opinião do autor e não pode ser usado como consultoria de investimento. O conteúdo do artigo é apenas para referência. Os leitores não devem tomar este artigo como base para investimento. Antes de tomar qualquer decisão de investimento, procure orientação profissional independente para garantir que você entenda os riscos.

 

Os Contratos por Diferença (CFDs) são produtos alavancados que podem resultar na perda de todo o seu capital. Esses produtos não são adequados para todos os clientes; por favor, invista com rigor. Consulte este arquivo para obter mais informações.


Você achou este artigo útil?
Artigos Relacionados
placeholder
Apreciação do real frente ao dólar depende do equilíbrio fiscal, diz HedgepointInvesting.com – Após o dólar ter chegado ao patamar de R$5,70 e desacelerado para próximo de R$5,43, a perspectiva é de que a apreciação do real frente à moeda americana possa ocorrer, mas tudo depend
Autor  Investing.com
Investing.com – Após o dólar ter chegado ao patamar de R$5,70 e desacelerado para próximo de R$5,43, a perspectiva é de que a apreciação do real frente à moeda americana possa ocorrer, mas tudo depend
placeholder
Sonho distante? O que poderia levar o dólar para mais próximo de R$5,00 novamente?Investing.com – Desde o início de janeiro, a valorização do dólar frente ao real chega a cerca de 12%, após amenização nos últimos dias. No momento de maior estresse, a moeda americana chegou a bater
Autor  Investing.com
Investing.com – Desde o início de janeiro, a valorização do dólar frente ao real chega a cerca de 12%, após amenização nos últimos dias. No momento de maior estresse, a moeda americana chegou a bater
placeholder
Paulo Gala: Dólar alto indica desconfiança do mercado, não crise real na economiaInvesting.com – O cenário de estresse dos mercados com apreciação do dólar frente ao real foi amenizado após mudança no tom do governo, mas economistas divergem sobre os rumos da moeda americana em um
Autor  Investing.com
Investing.com – O cenário de estresse dos mercados com apreciação do dólar frente ao real foi amenizado após mudança no tom do governo, mas economistas divergem sobre os rumos da moeda americana em um
placeholder
Ibovespa registra quarta pior performance em dólares desde 2000Investing.com – Incertezas políticas e cenário macroeconômico pressionado, com juros elevados e volatilidade no câmbio, marcam o primeiro semestre deste ano, levando o índice de referência da bolsa de
Autor  Investing.com
Investing.com – Incertezas políticas e cenário macroeconômico pressionado, com juros elevados e volatilidade no câmbio, marcam o primeiro semestre deste ano, levando o índice de referência da bolsa de
placeholder
Dólar: O governo precisa ‘enxergar seus erros’ no fiscal, avalia este especialistaInvesting.com – O governo precisa enxergar seus erros relacionados ao cenário fiscal para amenizar a situação do dólar, destacou Alfredo Menezes, sócio-fundador da Armor Capital e ex-Tesoureiro Banco
Autor  Investing.com
Investing.com – O governo precisa enxergar seus erros relacionados ao cenário fiscal para amenizar a situação do dólar, destacou Alfredo Menezes, sócio-fundador da Armor Capital e ex-Tesoureiro Banco