Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta quinta-feira

Investing.com
Atualizado em 14/06/2024 02:18
Mitrade Team
coverImg
Fonte: DepositPhotos

Por Scott Kanowsky e Jessica Bahia Melo

Investing.com – Os futuros das ações norte-americanas apontam para uma abertura mista em Wall Street, depois que o Federal Reserve sinalizou que espera implementar menos reduções nas taxas de juros em 2024 do que havia esperado no início deste ano.

A Tesla se prepara para revelar os resultados de uma votação muito esperada dos acionistas sobre o enorme acordo de compensação de US$ 56 bilhões do executivo-chefe Elon Musk. As ações da Broadcom disparam no horário estendido de negociação depois que a empresa de semicondutores elevou sua orientação anual para seus chips otimizados para inteligência artificial.

No Brasil, dólar dispara e ultrapassa R$5,40 diante de receios com cenário fiscal.

1. Fed sinaliza um corte na taxa de juros em 2024

O Federal Reserve sinalizou que planeja revelar apenas um possível corte na taxa de juros em 2024, indicando uma postura hawkish por parte dos formuladores de políticas, uma vez que deixaram os custos de empréstimos em espera em mais de duas décadas de alta.

Em março, as autoridades haviam indicado que projetavam até três reduções neste ano. Porém, a taxa de crescimento dos preços - o principal foco de um recente ciclo de aperto sem precedentes do Fed - permaneceu teimosamente elevada acima da meta de 2% estabelecida pelo banco central.

Os membros do Comitê Federal de Mercado Aberto, que estabelece as taxas, vários dos quais sugeriram, no período que antecedeu a última reunião de dois dias do Fed, que gostariam de ver mais evidências de que a inflação está desacelerando de forma sustentável para 2% antes de reduzir as taxas, reconheceram que houve um progresso "modesto" na contenção dos preços.

A declaração foi feita apenas algumas horas depois de uma leitura mais fria do que o previsto do índice de preços ao consumidor (IPC) de maio, que deu impulso às ações e aos títulos do Tesouro. Após a reunião do Fed, o presidente Jerome Powell disse que, embora o número do IPC tenha sido "encorajador", muitas autoridades estão optando por adotar uma abordagem mais "conservadora" em suas previsões de inflação.

Os mercados financeiros estão agora precificando uma chance de 56,7% de que o Fed reduza as taxas em 25 pontos-base de sua faixa atual de 5,25% a 5,5% em setembro, de acordo com a ferramenta FedWatch da CME. Um dia atrás, a probabilidade era de 46,8%.

"Acreditamos que, se as próximas três rodadas [de números mensais de inflação] estiverem em uma faixa semelhante, é provável que a liderança promova um corte em setembro", disseram os analistas do Goldman Sachs (NYSE:GS) em uma nota aos clientes.

Os futuros das ações dos EUA foram mistos na quinta-feira, com os investidores digerindo uma perspectiva atualizada para possíveis cortes nas taxas de juros este ano pelo Federal Reserve.

Às 8h (de Brasília), o contrato Dow futures havia caído 0,32%, o S&P 500 futures subia 0,09%, e o Nasdaq 100 futures ganhava 0,61%.

O índice de referência S&P 500 e o índice de alta tecnologia Nasdaq Composite registraram novos recordes de alta pela terceira sessão consecutiva na quarta-feira. As ações foram impulsionadas pelos dados do Departamento do Trabalho, que mostraram um abrandamento das pressões inflacionárias em maio, embora as negociações tenham sido instáveis depois que a última previsão do comitê de fixação de taxas do Fed indicou que os formuladores de políticas agora esperam anunciar apenas uma redução das taxas de juros em 2024.

As ações da Oracle (NYSE:ORCL), que subiram mais de 13% após guidance de receita anual de dois dígitos do fornecedor de software melhor do que a esperada, acrescentaram algum impulso de alta ao mercado.

ACOMPANHE: Monitor de juros do Fed

2. Musk diz que os acionistas da Tesla votarão a favor do pacote salarial de US$ 56 bilhões

Espera-se que os acionistas da Tesla (NASDAQ:TSLA) apoiem o pacote de pagamento de US$ 56 bilhões do CEO Elon Musk e um movimento da gigante dos veículos elétricos para se reincorporar ao Texas a partir de Delaware por "amplas margens", disse Musk em um post de mídia social na quarta-feira.

Os acionistas estão votando o polêmico pacote de remuneração de Musk - o maior da história corporativa dos EUA - e a mudança para o Texas nesta semana. Os resultados devem ser revelados em uma reunião na sede da Tesla, no Texas, na quinta-feira. "Ambas as resoluções dos acionistas da Tesla estão sendo aprovadas por amplas margens! Obrigado pelo seu apoio!!!", disse Musk em um post no X.

A Reuters também relatou uma tendência semelhante na votação antecipada, citando uma fonte familiarizada com a contagem preliminar. O acordo de remuneração de Musk foi rejeitado por um juiz de Delaware no início deste ano, após uma série de ações judiciais e reclamações de acionistas.

VEJA: Cotações das ações americanas

3. Broadcom sobe depois do sino após o aumento da previsão de receita

A Broadcom (NASDAQ:AVGO) atualizou guidance de receita anual para seus chips otimizados para inteligência artificial, fazendo com que as ações do grupo de semicondutores subissem acentuadamente nas negociações de horário estendido.

A receita dos chips ligados à IA da empresa sediada na Califórnia foi estimada em US$ 11 bilhões, um aumento em relação à sua previsão anterior de US$ 10 bilhões. A Broadcom será uma grande beneficiária de um boom de entusiasmo em torno da IA porque seus processadores de rede de ponta, que ajudam a mover grandes quantidades de dados, são usados em aplicativos como o chatbot ChatGPT da OpenAI. No segundo trimestre, a receita dos produtos de IA da empresa foi de US$ 3,1 bilhões.

A empresa também anunciou um desdobramento de ações de dez por um com o objetivo de tornar suas ações, que subiram mais de 37% até agora neste ano, mais acessíveis aos investidores de varejo.

ACOMPANHE: Cotações das commodities

4. O petróleo recua

Os preços do petróleo caíram na quinta-feira após um aumento surpreendente nos estoques de petróleo dos EUA, enquanto a AIE também reduziu sua previsão de crescimento da demanda de petróleo para 2024.

Às 8h, os futuros do petróleo bruto dos EUA (WTI) foram negociados 0,92% mais baixos, a US$ 77,78 por barril, enquanto o contrato Brent caiu 0,80%, para US$ 81,94 por barril.

Os dados do governo, divulgados na quarta-feira, mostraram que os estoques de petróleo dos EUA aumentaram inesperadamente em 3,7 milhões de barris na primeira semana de junho, contra as expectativas de um aumento de 1,2 milhão de barris.

Os aumentos desproporcionais nos estoques de destilados e de gasolina também aumentaram as preocupações de que a demanda de combustível não estava se recuperando com a temporada de verão, como esperado.

Além disso, a Agência Internacional de Energia reduziu sua perspectiva de crescimento da demanda em 2024 em 100.000 barris por dia, para 960.000 bpd, em seu relatório mensal.

CONFIRA: Calendário Econômico do Investing.com

5. Dólar acima de R$5,40 no Brasil

O mau humor contaminou o mercado local e fez o dólar superar R$5,40 no Brasil, mesmo com cenário externo indo em outra direção, com inflação dos Estados Unidos desacelerando e indício de um corte de juros pelo Federal Reserve neste ano. O motivo: a maior percepção de risco fiscal, alavancadas por falas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A moeda americana registrou maior valor de fechamento desde 4 de janeiro de 2023.

A falta de disposição do governo de cortar gastos e buscar equilibrar as contas públicas somente via aumento de receitas vem enfraquecendo o atual ministro da Fazenda, Fernando Haddad, principalmente após a derrota com a devolução da Medida Provisória (MP) que alterava mecanismos de uso de créditos de pagamentos do Pis/Cofins para pagamento de outros impostos. A proposta era uma forma de buscar R$26 bilhões em receita para compensar a desoneração da folha de pagamentos, mas sofreu forte repercussão negativa.

O presidente Lula disse que o governo busca equilíbrio fiscal e que o "aumento da arrecadação e a queda de juros permitirão a redução do déficit sem comprometer a capacidade de investimento público", sem mencionar medidas de diminuição de despesas, levando o dólar às máximas, próximo de R$5,42.

Às 8h (de Brasília), o ETF EWZ (NYSE:EWZ) recuava 0,04%.

Isenção de responsabilidade: este artigo representa apenas a opinião do autor e não pode ser usado como consultoria de investimento. O conteúdo do artigo é apenas para referência. Os leitores não devem tomar este artigo como base para investimento. Antes de tomar qualquer decisão de investimento, procure orientação profissional independente para garantir que você entenda os riscos.

 

Os Contratos por Diferença (CFDs) são produtos alavancados que podem resultar na perda de todo o seu capital. Esses produtos não são adequados para todos os clientes; por favor, invista com rigor. Consulte este arquivo para obter mais informações.


Você achou este artigo útil?
Artigos Relacionados
placeholder
Juros na França podem disparar com impasse político?Investing.com - O principal índice acionário francês, o CAC 40, registrou uma queda de 1,56% ao final do dia de ontem, marcando sua pior performance diária desde o anúncio do presidente Emmanuel Macro
Autor  Investing.com
Investing.com - O principal índice acionário francês, o CAC 40, registrou uma queda de 1,56% ao final do dia de ontem, marcando sua pior performance diária desde o anúncio do presidente Emmanuel Macro
placeholder
Trump x Biden: como as ações de tecnologia reagiriam em cada cenário de vitória?Investing.com – Faltando apenas cinco meses para as eleições presidenciais nos EUA, os investidores já começam a avaliar como uma possível vitória de Biden ou Trump poderia impactar as ações de tecnol
Autor  Investing.com
Investing.com – Faltando apenas cinco meses para as eleições presidenciais nos EUA, os investidores já começam a avaliar como uma possível vitória de Biden ou Trump poderia impactar as ações de tecnol
placeholder
Início de corte de juros nos EUA deve iniciar em setembro, afirma GoldmanInvesting.com – O Goldman Sachs (NYSE:GS) demonstrou confiança no início da flexibilização monetária nos Estados Unidos a partir de setembro, após analisar as declarações feitas por Jerome Powell, pre
Autor  Investing.com
Investing.com – O Goldman Sachs (NYSE:GS) demonstrou confiança no início da flexibilização monetária nos Estados Unidos a partir de setembro, após analisar as declarações feitas por Jerome Powell, pre
placeholder
Nubank no México deve ser lucrativo em 2025 e na Colômbia em 2026, estima GoldmanInvesting.com – Com expectativa de expansão em outros mercados americanos, o Nubank vem ampliando suas operações para conquistar mais clientes fora do Brasil. A expectativa é de que as operações no Mé
Autor  Investing.com
Investing.com – Com expectativa de expansão em outros mercados americanos, o Nubank vem ampliando suas operações para conquistar mais clientes fora do Brasil. A expectativa é de que as operações no Mé
placeholder
Inflação ao consumidor nos Estados Unidos contraria projeções e recua em junhoInvesting.com – A inflação americana medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC) recuou 0,1% em junho, contrariando projeção de alta de 0,1%, após ter apresentado estabilidade no mês anterior. As
Autor  Investing.com
Investing.com – A inflação americana medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC) recuou 0,1% em junho, contrariando projeção de alta de 0,1%, após ter apresentado estabilidade no mês anterior. As